Please reload

Recentes

Livros da Miraculous Ladybug

13-Aug-2018

1/4
Please reload

Fino em Destaque

Dica de livro: "Baby-led weaning: o desmame guiado pelo bebê"

29-Dec-2017

2017 foi um ano de muito trabalho para nós. E ver a marca Fino Verbo impressa em tantos materiais nos enche de orgulho e renova nossas energias para o próximo ano que está começando.

 

O mais bacana de tudo é saber que estamos participando de projetos tão incríveis e ricos em conteúdo e aprendizagem. Foi assim com este livro que revisamos!

 

O fim do "olha o aviãozinho"

 

Livro da consultora britânica em saúde Gill Rapley que orienta desmame conduzido pelo próprio bebê ganha versão brasileira pela Editora Timo.

 

Para muitos pais, a hora da refeição dos filhos pequenos é um pesadelo: o aviãozinho está fadado a passar longos minutos sobrevoando a pista de pouso, que se recusa a permitir a aterrisagem. Mas e se ao passar do peito para o prato fosse permitido ao bebê fazer o que ele já faz desde que nasceu, escolher quando e como se alimentar? É o que preconiza o “desmame guiado pelo bebê” (BLW, na sigla em inglês), estratégia de introdução alimentar popularizada internacionalmente pela consultora britânica em saúde Gill Rapley.

 

A abordagem vem conquistando cada vez mais adeptos na Europa, nos Estados Unidos e, mais recentemente, no Brasil. Em novembro, o país ganhou sua primeira edição do livro Baby Led Weaning, escrito por Rapley com a jornalista Tracey Murkett e traduzido pela Editora Timo. Rapley é a grande precursora dos estudos do tema, tendo criado o termo BLW e desenvolvido uma série de estratégias para sua aplicação. O livro é uma espécie de guia que oferece aos pais orientações sobre como apresentar alimentos sólidos aos bebês e dicas práticas para que eles desenvolvam sua alimentação de maneira confiante e alegre.

 

“Weaning” é a transição gradual que um bebê faz até deixar de se alimentar exclusivamente de leite materno, um processo que demora pelo menos seis meses, mas pode levar anos. O livro é sobre o início desse processo de desmame, desde o primeiro pedaço de comida sólida que o bebê ingere. Esses primeiros alimentos sólidos não substituem o leite materno ou a fórmula láctea infantil, mas fazem com que a dieta fique gradualmente mais diversificada. Na maioria das famílias, o desmame é guiado pelos pais, que decidem quando e como seus bebês deverão comer. A ideia do BLW é permitir que o bebê guie todo o processo, usando seus instintos e habilidades: em vez de papinhas, são oferecidos legumes, frutas e outros alimentos sólidos em pedaços para que ele próprio os pegue com as mãos e coma de maneira autônoma, abrindo um mundo de boas possibilidades para seu desenvolvimento.

 

Entre os benefícios estão o desenvolvimento da capacidade de mastigação do bebê, de sua destreza manual e da coordenação entre as mãos e os olhos. Com a ajuda dos pais, ele descobre uma grande variedade de alimentos saudáveis e aprende importantes habilidades sociais – enquanto come apenas a quantidade de que precisa, o que diminui as chances de desenvolver sobrepeso na infância. Mas, acima de tudo, ele vai gostar disso e estará mais contente e confiante nas refeições em família.

 

Mais antigo que papinha. E mais seguro

 

O BLW é, como demonstra o livro, fácil, seguro e natural; e, como muitas boas ideias sobre a criação dos filhos, não é novidade. A abordagem é possivelmente mais antiga do que dar comida às colheradas, porque reflete o que os bebês fazem espontaneamente: a curiosidade os leva a explorar o que está ao seu redor, a agarrar objetos e a levá-los à boca. Naturalmente, eles passam a explorar a comida dessa maneira se têm a chance de fazê-lo.

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a introdução de alimentos sólidos a partir dos seis meses de idade e a maior parte dos países adota essa posição sem recomendações sobre como introduzir a nova dieta. Um bebê nessa idade tem capacidades diferentes de um de quatro meses, que ainda não é capaz de mastigar e de se alimentar sozinho, precisando que os alimentos sejam triturados ou que lhe deem comida na boca. Mas, desde que nascem, os bebês sabem qual é a quantidade de comida de que precisam e conseguem responder corretamente ao seu próprio apetite. Essa capacidade continua, a não ser que seja repetidamente contrariada – por exemplo, quando outras pessoas encorajam ou obrigam o bebê a continuar a comer quando ele já está cheio.

 

Estudos que subsidiam o BLW demonstraram que a coerção leva a uma maior probabilidade de se fazer más escolhas alimentares nesse importante processo de transição. A abordagem do desmame guiado pelo próprio bebê permite uma transição mais natural e gradual da amamentação para as refeições em família.

 

 

SERVIÇO:

 

Livro: Baby-led weanig: o desmame guiado pelo bebê

Autoras: Gill Rapley e Tracey Murkett

Tamanho: 14x21 cm

ISBN: 978-85-69404-08-8

Miolo: 240 páginas, com um exclusivo caderno de fotos de bebês brasileiros fazendo BLW

 

O livro pode ser adquirido através do site: http://editoratimo.com.br

 

Please reload

Fino Social
Categorias
Please reload

Fino Arquivo
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
Please reload