Revisão de texto no papel

No papel, a revisão é feita à caneta, quase sempre vermelha, com o auxílio de lápis para marcar as dúvidas e caneta marca-texto para registrar os padrões.

São usados códigos de revisão, ou seja, uma linguagem de símbolos que representam as alterações propostas pelo revisor. Como o papel possui pouco espaço para escrever, poder resumir em um código o que diríamos em várias palavras facilita a vida (a nossa, a do diagramador que executará essas emendas e de qualquer outra pessoa que analisará o material).

E quais são esses códigos?! Aqui você pode baixar uma tabela exclusiva feita por nós. É só clicar na imagem para fazer o download.

Entenda o que representam “comando” e “alteração”


  • Comando: quando a emenda é mais “estética” – caixa alta (letra maiúscula), ou negrito, ou itálico, por exemplo.

  • Alteração: quando a emenda afeta o conteúdo do texto – corte de palavra, substituição de trecho etc.

E esses dois tipos de emenda são representados graficamente de maneiras diferentes: os comandos sempre serão circulados e as alterações tachadas:


Algumas alterações são “desenhadas” no meio do texto:

É quase um consenso entre os revisores que ler no papel é melhor para encontrar os erros, mas as formas eletrônicas também têm suas vantagens – como as ferramentas de busca.


E é importante ressaltar que independente do formato escolhido, o cliente sempre vê tudo o que foi alterado. Assim, ele pode dizer se concorda com todas as sugestões ou com parte delas, e também aprende onde pode melhorar.


Quer alguém para revisar seus textos – sejam eles para redes sociais, sites, livros, revistas, propagandas, TCCs?! Entre em contato conosco.

Fino em Destaque
Recentes
Fino Arquivo
Categorias
Fino Social
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle

Designed by fabiorisso

© 2015 por Fino Verbo

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle